Todas as estatísticas de tempo

Corridas

63

Vitórias

14

Pódios

36

Depois de conquistar os títulos de pilotos e equipes ao final de uma Temporada 6 incrível, a equipe sino-francesa DS TECHEETAH tenta afirmar sua autoridade e conseguir os maiores feitos na primeira temporada da Fórmula E como um campeonato mundial da FIA, com o atual campeão Antonio Felix da Costa retornando ao lado do bicampeão Jean-Eric Vergne na temporada 2020/21.

Ao participar pela primeira vez do ABB FIA Formula E Championship na temporada 2016/17, depois de assumir a vaga que antes era da Team Aguri, a atual campeã DS TECHEETAH disputa sua quarta temporada no ABB FIA Formula E Championship com o piloto titular Jean-Eric Vergne e a nova contratação Antonio Felix da Costa ao volante do DS E-TENSE FE20.  

Na temporada de estreia da equipe, o francês Vergne levou a equipe a um quinto lugar no geral. Com um início respeitável, a equipe convocou o ex-vencedor do campeonato mundial de endurance e campeão de Le Mans, Andre Lotterer, para a temporada 2017/18. Com JEV e Lotterer, os dois formaram uma força formidável, conseguindo a primeira dobradinha da categoria depois de uma apresentação emocionante nas ruas de Santiago.

A partir daí, a equipe foi se fortalecendo, desafiando a Audi Sport ABT Schaeffler pelo título até o final na temporada 2017/18, mas acabou perdendo por apenas dois pontos.

De volta com força total para a temporada 2018/19, a equipe ganhou o apoio da fabricante francesa DS. Surgiu um novo trem de força no DS E-Tense FE.19, e a equipe dominou, conquistando o campeonato por equipes no grande final da temporada em Nova York. Assim como outros fabricantes da Fórmula E, a DS é capaz de testar, desenvolver e refinar a mais recente tecnologia do trem de força 100% elétrica na pista, presente nos carros de estrada e veículos da DS.

A DS TECHEETAH ficou com o título de construtores no grande final em Berlim da Temporada 6, tendo garantido quatro vitórias em cinco na Etapa 9 da temporada. Em meio a isso, um recorde de três vitórias seguidas pelas mãos do campeão Antonio Felix da Costa entre as etapas 5 em Marrakesh e 7 em Berlim, além de mais uma conquistada pelo campeão 2018/19, Jean-Eric Vergne.

São três títulos seguidos de pilotos e dois por equipes até agora para a equipe sino-francesa. Então, por que mudar alguma coisa? Da Costa e JEV estão de volta na Temporada 7, mas será que Vergne conseguirá diminuir a diferença para seu companheiro de equipe ao final da temporada 2019/20 e a DS continuará sendo a referência?

Grid dos pilotos

Participe. Dê ao seu piloto favorito da DS-Techeetah um power boost extra na corrida.