13 out 19

Bem-vindo à temporada 2019/20: A batalha está a começar...

O início dos testes de pré-temporada no dia 15 de outubro, em Valência, marca o fim do interregno no campeonato. Com um grupo de novos rostos e novos locais alinhados, a temporada 2019/20 promete ser a melhor de sempre. Bem-vindo ao campeonato de corridas mais intenso do planeta. Bem-vindo à Formula E.  

Desde que Jean-Éric Vergne, da DS Techeetah, conquistou o seu segundo título de campeonato na sombra de Manhattan em julho, assistimos à saída de pilotos experientes, à chegada de estreantes ao palco do desafio e, é claro, à entrada na grelha dos mestres do automobilismo Mercedes-Benz EQ e TAG Heuer Porsche.

Enquanto equipas e pilotos têm vindo a realizar os seus próprios testes percorrendo quilómetros sem conta, o teste de Valência é a primeira indicação sobre a forma como se vão enfrentar na campanha mais difícil de todos os tempos. Aperte o cinto, a temporada 2019/20 está apenas a começar. 

Todos querem conquistar os títulos arrecadados por Jean-Éric Vergne e pela DS Techeetah. Ao preparar-se para a defesa das suas coroas, a DS Techeetah recrutou António Félix da Costa, criando sem dúvida o plantel mais forte da grelha. Mas irá o campeão reinante adaptar-se ao seu novo colega de equipa ou iremos ver divisões na dinâmica da equipa?

O carro de corrida de Formula E Porsche 99X Electric

Mercedes-Benz e Porsche chegam ao campeonato com um objetivo em mente: dominar o ABB FIA Formula E Championship. Com tanto pedrigree de corrida, há muito peso sobre os ombros destes gigantes automobilísticos. Mas há que não esquecer as equipas já implantadas. E se a campeã em título, DS Techeetah, é a equipa a bater, os concorrentes habituais também estão preparados para travar as ambições das marcas alemãs. A conquista do título está em aberto.

Este novo capítulo da história do campeonato assiste à chegada de uma grande quantidade de novatos, incluindo o vencedor de corridas DTM, Nico Mueller, e os campeões do WEC, Brendon Hartley e James Calado. Contudo, este grupo de novos rostos é liderado por Nyck de Vries, o campeão em título da Formula 2. Depois de dominar tudo na sua carreira automobilística, o jovem holandês escolheu um futuro totalmente elétrico, ao entrar para a equipa da Mercedes-Benz EQ, com a ambição de prosseguir a sua ascensão a lenda das corridas.

A imprevisibilidade foi a rainha suprema em 2018/19 com a disputa do campeonato até ao último minuto. Agora, no início de uma nova era do campeonato de corridas elétricas, prepare-se para mais duelos renhidos com algumas das maiores rivalidades das corridas a acontecerem nas ruas das cidades. A Formula E está de volta.

Caras novas, novas corridas e mais competição: bem-vindo à temporada 2019/20