24 jun 20

Alex Lynn se junta à Mahindra Racing

A Mahindra Racing dá as boas-vindas a Alex Lynn no restante do ABB FIA Formula E Championship 2019/20 ao lado de Jerome D'Ambrosio, com um stint de seis corridas em nove dias em Berlim, começando em 5 de agosto.

O britânico de 26 anos substitui Pascal Wehrlein na Mahindra Racing, e retornará à Fórmula E competitivamente depois de passar um período como piloto de desenvolvimento da Panasonic Jaguar Racing.

Lynn assumiu o volante competitivamente pela última vez na categoria em Nova York, fechando uma sequência de sete corridas pela Jaguar na segunda metade da temporada 2018/19 tendo um sétimo lugar no E-Prix de Berna como melhor resultado.

O londrino também correu pela Envision Virgin Racing em 2017/18, depois de estrear em uma das etapas da rodada dupla em Nova York na temporada anterior, e garantiu o sexto lugar em Punta del Este - o melhor resultado no campeonato da corrida de carros 100% elétricos em circuito de rua até hoje.

Além da experiência na Fórmula E, a versatilidade de Lynn é marcada por vitórias em monopostos e carros esportivos, no famoso Grande Prêmio de Macau, nas 12 Horas de Sebring e com um título da GP3 Series em 2014 - conquistado na temporada de estreia.

Ele também venceu várias corridas na GP2 Series e foi piloto de desenvolvimento da Williams na Fórmula 1.

Ambições elevadas

"Estou realmente entusiasmado por poder representar a Mahindra Racing em Berlim", disse Lynn. "Tenho grandes ambições neste campeonato que correspondem ao que a Mahindra Racing deseja alcançar.

"Mal posso esperar para começar. Já corri duas vezes em Berlim e sempre senti que fui bem lá, inclusive aparecendo na Super Pole na temporada passada.

"O formato de Berlim será, ao mesmo tempo, emocionante e desafiador, e estou ansioso para começar a corrida."

O CEO e diretor da equipe Mahindra Racing, Dilbagh Gill, acrescentou: "Também tenho o prazer de dar as boas-vindas para Alex à família Mahindra Racing. Ele conseguiu alguns feitos fantásticos na carreira e estamos confiantes de que, juntos, poderemos conquistar bons resultados no restante da 6ª temporada.

"Não é fácil entrar no meio da temporada, especialmente com a maneira única como disputaremos as corridas em Berlim, mas Alex tem fome, talento e experiência que, com certeza, trarão resultados rapidamente.

"Gostaríamos de agradecer Pascal pela colaboração e desejar a ele tudo de bom nos futuros projetos.”

Punta del Este 2018: Lynn garante o sexto lugar e seu melhor resultado até hoje na Fórmula E.