23 nov 19

Sims chega à primeira vitória no confronto na Arábia Saudita, BMW consegue uma dobradinha  

Sims conquista sua primeira vitória largando na pole em uma disputa acirrada na Arábia Saudita. Guenther completa a dobradinha da BMW, com di Grassi, da Audi, em terceiro.  

Luzes apagadas, e foi o pole Alex Sims, da BMW i Andretti Motorsport, quem pulou na frente depois de garantir a segunda pole consecutiva no segundo dia do E-Prix de Diriyah SAUDIA 2019.

À frente de Sebastian Buemi, da Nissan e.dams, em segundo, e Lucas di Grassi, da Audi Sport Abt Schaeffler, em terceiro, o piloto britânico manteve a posição, enquanto Antonio Felix da Costa, da DS Techeetah - que subiu para a quarta posição depois que Jerome d'Ambrosio, da Mahindra Racing, abandonou a corrida por causa de problemas técnicos - estava sendo atacado. 

Escalando o pelotão, da Costa buscava ansiosamente subir ao pódio, atacou Buemi e acabou tocando a traseira do carro, fazendo o piloto rodar até parar na direção contrária ao tráfego. O piloto da Nissan voltou ao pelotão em 15º, mas sofreu investigado da FIA. 

Faltando mais de 30 minutos para o final, Bird foi tocado por Mitch Evans, da Panasonic Jaguar Racing, enquanto fazia a Curva 4, até ser tocado também por Pascal Wehrlein, da Mahindra Racing, na Curva 5. O piloto britânico - que havia conquistado a primeira vitória no dia anterior - encontrou a mureta. Com danos significativos no carro, o britânico estava fora da corrida. 

Após análise da FIA, Da Costa foi penalizado com um drive through de 10 segundos por causar o incidente com Buemi, e o piloto da Nissan também recebeu a mesma punição por voltar à pista de maneira considerada insegura. 

Já com o companheiro de equipe fora da corrida, o outro piloto da Envision, Robin Frijns, perdeu o controle do carro equipado com trem de força Audi entre as curvas 5 e 6, batendo lateralmente na mureta na Curva 7. Com os danos e o piloto preso no carro, foi dada bandeira amarela enquanto o carro era retirado.

Faltando oito minutos para o final da prova, Sims mantinha a liderança, e, mais abaixo no pelotão, Evans, da Jaguar, recebia uma punição de 10 segundos pela colisão com Bird.

Aproveitando o MODO ATAQUE, di Grassi, em terceiro, perdeu temporariamente a posição antes de voltar a ultrapassar Stoffel Vandoorne, da Mercedes-Benz EQ, com 35 kW de potência extra. Sem usar o MODO ATAQUE, o companheiro de equipe de Sims, Max Guenther, caiu para segundo, com as duas BMW na liderança faltando apenas alguns minutos para o final da prova.   

Ampliando a liderança em mais de três segundos faltando cinco minutos para o final, Guenther se defendeu bem contra di Grassi, mantendo a distância para o brasileiro, então com o MODO ATAQUE acionado. Com potência extra, o piloto da Audi fez a volta mais rápida enquanto atacava o alemão. 

Com as duas BMW cruzando a linha em dobradinha, Sims conquistou sua primeira vitória no ABB FIA Formula E Championship com seu companheiro de equipe em segundo e di Grassi, da Audi, em terceiro. 

Os resultados são provisórios. Confira o resultados completos da corrida aqui >