14 jun 19

Calendário 2019/20 revelado: Londres e Seul são as estrelas da sexta temporada da Fórmula E

14 corridas em 12 das cidades mais progressistas do mundo em quatro continentes. Boas-vindas à categoria automobilística mais acirrada e mais intensa do planeta. Prepare-se para um novo capítulo do ABB FIA Formula E Championship. Veja o calendário da temporada 2019/20.

De Seul a Londres, e a inclusão da Porsche e da Mercedes como equipes exclusivamente das montadoras: a temporada 2019/20 do ABB FIA Formula E Championship promete mais brigas roda com roda, novas regras e rivalidades, mais corridas de rua pelas cidades e o calendário mais abrangente até hoje. Boas-vindas à sexta temporada da Fórmula E.

Revelado pela primeira vez, o calendário da nova temporada, composto por 14 corridas em 12 cidades e percorrendo quatro continentes, foi ratificado após a reunião do Conselho Mundial de Automobilismo da FIA (WMSC) em Paris hoje. 

Londres Westminster

A mais movimentada temporada de corridas elétricas começará com uma rodada dupla em Ad Diriyah em novembro, dando uma parada pela icônica cidade de Seul pela primeira vez em maio antes de retornar à capital do Reino Unido para a rodada dupla do grande final da temporada, realizada em uma pista indoor/outdoor exclusiva no ExCeL Londres em julho. Veja o calendário completo da temporada abaixo. 

fórmula e 2019/20 calendário temporada

CALENDÁRIO DA TEMPORADA 2019/20: INSCREVA-SE PARA RECEBER MAIS INFORMAÇÕES

Novas rivalidades

Mas não se trata apenas de cidades progressistas e corridas de rua exóticas. Na sexta temporada da Fórmula E, os mestres do automobilismo da Porsche e da Mercedes-Benz entram no campeonato como equipes totalmente de fábrica, enfrentando os rivais alemães da BMW e da Audi pela primeira vez na história. Com as bem-vindas inclusões, o grid chega a um total de 24 carros e pilotos e mais fabricantes globais do que qualquer outra categoria automobilística. 

 "A próxima temporada promete ser a mais agitada e aguardada na curta história do ABB FIA Formula E Championship", disse Alberto Longo, cofundador e vice-presidente da Fórmula E.

Depois de começar em Ad Diriyah em novembro, o campeonato segue para Santiago, no Chile, voltando à Cidade do México e à favorita cidade de Hong Kong, antes de retornar a Roma para a primeira rodada das corridas europeias voestalpine. De lá, ela volta às charmosas ruas de Paris antes de uma parada em Seul e depois de volta a Berlim para fechar a Europa. 

De lá, ela volta à Big Apple para a penúltima cidade antes do grande final espetacular da temporada nas ruas de Londres em 25 e 26 de julho.

"Mais corridas e novos rostos, com as incríveis novas inclusões de Seul e Londres, bem como a inclusão da Mercedes-Benz e da Porsche. Analisando a lista de cidades e capitais que dão apoio à Fórmula E e ao movimento elétrico, este é o calendário mais longo e abrangente até hoje", acrescentou Longo. 

buemi fórmula e sanya

Novas regras

Além do novo calendário de 2019/20, a Fórmula E e a FIA, o órgão regulador do automobilismo, fizeram pequenos ajustes nas regras e nos regulamentos. Novidade na temporada 2019/20, os pilotos terão mais 10 kW de energia disponíveis ao usar o MODO ATAQUE, aumentando de 225 kW para 235 kW. 

Diferentemente da temporada atual, os pilotos não poderão ativar o MODO ATAQUE sob bandeira amarela em todo o circuito (FCY) ou quando o safety car for acionado, o que significa que os pilotos terão que sair do trajeto para ativar o MODO ATAQUE em condições normais de corrida e manter o risco de perder posições.

Além disso, para aumentar a ênfase na administração de energia, durante os períodos de safety car e sob FCY, uma quantidade fixa de energia - igual a 1 kWh por minuto durante o período de suspensão - será subtraída do total de energia restante em cada carro.

Isso significa que os pilotos não poderão mais economizar energia dirigindo em velocidades mais baixas sob FCY ou atrás do safety car, o que leva a estratégias mais variadas e corridas mais acirradas, roda com roda, do começo ao fim.

fórmula e porsche

O futuro da Gen2

Também haverá mais pontos em jogo na temporada 2019/20, com um ponto adicional indo para o piloto mais rápido nos estágios do grupo de classificação. O piloto que garantir a Julius Baer Pole Position ainda receberá três pontos - além do ponto dado ao piloto que fizer a volta mais rápida terminando entre os dez primeiros na classificação final.

A FIA também divulgou mais detalhes sobre o ciclo prolongado do carro Gen2 até o final da oitava temporada. A extensão de uma temporada adicional foi acordada com fabricantes, levando em conta a estabilidade das regras e o controle de custos. 

Porém, mais atualizações no desempenho do carro e mudanças no regulamento podem ser feitas durante esse ciclo, inclusive um aumento de potência, melhorias feitas na bateria e uma evolução do design e da carroceria.

"Além dos ajustes feitos nos regulamentos esportivos, a corrida tem o potencial de ser ainda mais acirrada e imprevisível do que nunca", disse Longo.

"Temos três etapas restantes nesta temporada e uma briga pelo título totalmente aberta, mas já mal posso esperar por começar tudo de novo em Ad Diriyah em novembro."

CALENDÁRIO DA TEMPORADA 2019/20: INSCREVA-SE PARA RECEBER MAIS INFORMAÇÕES