Medição e monitoramento do nosso impacto

Avaliação do ciclo de vida do Campeonato

A avaliação do ciclo de vida (LCA, pela sigla em inglês) está na vanguarda dos estudos sobre sustentabilidade. É preciso uma visão holística da produção, da corrida e do fim da vida do evento, avaliando seu impacto desde o berço até o túmulo ou até outro berço.

A LCA não apenas calcula nossa pegada de carbono, mas também realiza uma coleta de dados abrangente, incorporando o impacto do campeonato sobre a mudança climática, a pegada hídrica, a qualidade dos ecossistemas, os recursos naturais e a saúde humana. As áreas de atividade da Fórmula E que são avaliadas incluem frete, viagens de negócios, logística e gerenciamento de eventos, viagens de espectadores, infraestrutura e overlay e consumo de energia.

Para a 5ª temporada, planejamos expandir nosso escopo para incluir o desenvolvimento e a produção de carros e baterias.

Nossos impactos ambientais

Continuamos a monitorar e medir nossos impactos ambientais para entender onde podemos fazer melhorias reais nas nossas operações e no nosso planejamento. Consistentemente nas quatro primeiras temporadas, nosso maior impacto no clima vem das emissões de gases do efeito estufa devido ao frete/transporte entre os locais das corridas. Outras áreas de impacto importantes incluem viagens de funcionários para as corridas, principalmente aquelas fora da Europa, além de refeições e bebidas servidas nos eventos.

Para trabalhar na redução do nosso impacto climático, precisamos otimizar melhor o calendário da corrida para fazermos envios por barco e trem em vez de avião. Também temos uma oportunidade clara de reduzir nossa pegada de carbono servindo refeições com baixo teor de carbono; especificamente, mais opções vegetarianas ou de frango.