Robin

Frijns

#4

Envision Virgin Racing

Todas as estatísticas de tempo

Corridas

60

Vitórias

2

Pódios

9

Participe. Dê um power boost a FRIJNS na próxima corrida

Depois de retornar à Fórmula E em 2018/19, Robin Frijns já está chegando à sua terceira temporada pela Envision Virgin Racing, ao lado do novo companheiro de equipe Nick Cassidy. Juntos, a dupla está na briga pelo título de construtores contra várias montadoras de maneira independente.    

Frijns não nasceu nas corridas. Na verdade foi um amigo da família quem deu ao holandês a sua primeira chance em um kart. Depois de viajar para algumas corridas e de experimentar os aromas e os sons das corridas, ficou claro que Frijns queria correr de maneira mais competitiva. Ele ganhou um quadriciclo para brincar no jardim e sua mãe pedia sempre para que ele ficasse longe dele depois que ele arruinou o jardim, mas o jovem Frijns estava tomando gosto pelas corridas.

Ele avançou pelas categorias de monopostos e conquistou títulos em várias categorias de base, inclusive a Fórmula BMW Europe e a Fórmula Renault 2.0 Eurocup. Ele venceu a World Series em 2012 pela Renault 3.5 em sua primeira tentativa; o último piloto que havia conseguido esse feito foi Robert Kubica, em 2005.

O piloto holandês e vencedor de corridas na GP2 foi reconhecido pelo talento ao longo de sua carreira, testando tanto pela Sauber quanto pela Red Bull Racing no teste de jovens pilotos da Fórmula 1 em Abu Dhabi.

Em 2013, Frijns foi contratado pela Sauber como piloto de testes e participou de uma temporada parcial da GP2, conquistando uma vitória e dois pódios. Mais tarde, Frijns foi para a Caterham F1 como piloto de testes em 2014. Desde então, Frijns já correu pela Blancpain GT e, em 2018, na DTM series pela Audi Sport.

Depois de competir pela Andretti nas temporada 2015/16 e 2016/17 da Fórmula E, Frijns voltou à categoria pela Envision Virgin Racing em 2018/19, ocupando o lugar de Alex Lynn.

Frijns encerrou uma temporada impressionante em quarto lugar na classificação, conquistando a segunda vitória da Temporada 5 no grande final em Nova York, tendo subido ao primeiro degrau em Paris na Etapa 8. Na temporada 2019/20, Frijns pilotou mais uma vez o carro Gen2 com tecnologia Audi da Envision Virgin Racing ao lado do piloto britânico Sam Bird e terminou a Temporada 7 em alta em Berlim com quatro participações em Super Pole e mais alguns pódios até conseguir o 12º lugar na classificação de pilotos.

Em 2020/21, ele retorna, pela Envision Virgin Racing, ao lado de Nick Cassidy, tentando voltar ao degrau mais alto do pódio.

MAIS PERFIS